domingo, abril 20, 2014

6 anos depois, a Taça Latina volta a Portugal (sub-23)

Depois de Coimbra em 2008, a Taça Latina de sub-23 voltou a Portugal, desta vez à cidade minhota de Viana do Castelo e, tal como nessa edição, os "Ursos" voltaram a arrecadar o troféu. Este é já o 13º de Portugal em 27 realizados, contra 11 da sempre rival Espanha e apenas 3 da seleção italiana. Quem ontem se deslocou ao Pavilhão de Monserrate, provavelmente não se terá arrependido: um bom espectáculo, com grandes atletas e duas grandes selecções em disputa. Apesar disso foi preciso esperar pela segunda metade do jogo para ambos os lados puderem festejar.

A festa reinou nas bancadas de Monserrate1
Marc Julià abriu o marcador na concretização de um livre directo bem executado, depois de Hélder Nunes ter falhado uma igual oportunidade favorável à seleção das quinas. A partir daí foi Portugal a tomar as rédeas do jogo, com Pedro Vaz a empatar a partida 4 minutos depois. Aos 11 minutos da segunda parte, Gonçalo Alves teve a oportunidade colocar Portugal na frente, mas para infelicidade dos presentes no pavilhão não conseguiu converter novo livre directo em golo. Volvidos 2 minutos e novo livre directo para Portugal, por acumulação de 15 faltas da seleção espanhola. Como diz o povo "à terceira é de vez", e foi mesmo! O jovem capitão português Hélder Nunes não se redimiu e fez o segundo golo português. O entusiasmo "tomava conta" dos adeptos e equipa portuguesa mas sempre cientes de que nada estava resolvido. A 5 minutos do final do encontro as coisas começavam a moldar-se para a seleção portuguesa com novo golo, desta vez com a autoria de Telmo Pinto. Este tento acabaria por confirmar a vitória, o que não impediu de um susto final, quando Alex Rodriguez fez o segundo golo para a Espanha. Ainda antes do final do encontro, João Souto viu o cartão azul mas a sorte sorriu aos portugueses, que viram Pedro Costa travar novo livre directo de Marc Julià favorável à nação vizinha.

Destaque para a exibição de Pedro Costa (guardião português) e para Hélder Nunes que, com 6 tentos, conseguiu a primeira posição da tabela de melhores marcadores, assim como o francês Carlo Benedetto.
Parabéns Portugal!

Festa portuguesa no balneário!

"Quiz" do Hóquei em Patins, você sabe tudo? Confirme...