domingo, janeiro 09, 2011

Deby Minhoto acaba empatado

Ontem, o OC Barcelos recebeu o HC Braga, naquela que deve ter sido a maior enchente do ano, no pavilhão do Barcelos, que é caracterizada, por muitos, a catedral do Hóquei em Patins.


O delírio barcelense começou quando, aos 4 minutos de jogo, Jorge Maceda "Xixa", abre o marcador.
O jogo prosseguiu assim durante algum tempo, mas passado 12 minutos do 1º golo, Hélder Teixeira "Fellini", empata a partida.

Logo a seguir, César Carvalho "Chumbinho", com um potente remate, empurra a bola para o fundo das redes defendidas pelo experiente guarda-redes, Guilherme Silva. Jorge Maceda "Xixa", que neste jogo esteve "eléctrico", marcou o 3º golo da formação barcelense, com um passe inteligente de Nuno Félix. Apesar do Barcelos ter dominado a primeira parte, as equipas recolheram aos balneários empatadas a 3 bolas, depois de dois golos bracarenses com a autoria de Jorge Faria "Rato" e Rodrigo Sousa.

No primeiro minuto da segunda metade do jogo, Carlos André, serviu Jorge Maceda "Xixa", que fez o 4º golo do Barcelos. O Braga, que subiu de rendimento na segunda parte, chegou ao 4-5, com golos de Vítor Oliveira "Viti" e Tiago Barbosa "Sapo".

César Carvalho "Chumbinho", empatou, de novo, a partida, mas o Braga voltou a aumentar a vantagem por Rodrigo Sousa, Carlos André fechou a contagem dos golos, fazendo o 6-6.

Nota para Jorge Maceda "Xixa", que, para além de ter sido o melhor em campo, na opinião do "Jogar e Vencer", também, porque neste jogo, "Xixa" descobriu o "elixir da juventude".
Nota, também, para a claque do Barcelos, "Kaos Barcelense", que com grande apoio, nunca abandonou a equipa ao longo do jogo.

"Quiz" do Hóquei em Patins, você sabe tudo? Confirme...